SERVIDORES DO INCRA E MDA PARALISAM ATIVIDADES EM TODO O BRASIL DURANTE PRIMEIRO ATO NACIONAL DE 2012

De Norte a Sul, Leste a Oeste o Incra e MDA – com suas superintendências, unidades avançadas e delegacias– tiveram as atividades paralisadas em algum grau por conta da adesão de milhares de servidores da autarquia e do ministério ao Ato Nacional convocado por 31 entidades que compõem o Fórum Nacional da Campanha Salarial de 2012, entre elas a Condsef e a CUT.

A paralisação ocorreu no dia 28 de março de 2012 e foi histórica porque uniu técnicos, analistas e peritos do Incra, bem como profissionais do MDA em um ato de abrangência nacional. A data é histórica ainda pelo fato de nela ter ocorrida a primeira ação conjunta convocada pelas entidades representativas – Cnasi, Assinagro e AsseMDA (Associação Nacional dos Servidores do MDA) –, que decidiram fazer luta única na negociação remunerativa com o governo, tendo como referência o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) – nos cargos de Fiscal Federal Agropecuário (para nível superior),  Agente de Atividade Agropecuária (para nível intermediário) e Auxiliar de Laboratório (para auxiliar).

Na data de 28 de março ocorreu ainda, em Brasília, a 5ª rodada de negociações com o governo e uma marcha com participação de milhares de servidores de diversos órgãos federais.

Os servidores do Incra e MDA – por meio das associações locais e a representação da Assinagro e da AsseMDA, ou mesmo de forma individualizada –, se associaram aos sindicatos em seus estados e movimentos sociais defensores da reforma agrária para a viabilização do ato nacional.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/


%d bloggers like this: