Archive for Junho, 2012

SERVIDORES DO INCRA E MDA FAZEM MANIFESTAÇÃO NO PALÁCIO DO PLANALTO DURANTE DISCURSO DE DILMA

28/06/2012

Cerca de 10 servidores do Incra e MDA realizaram uma façanha na manhã desta quinta-feira (28/06) ao entrarem no Palácio do Planalto, em Brasília, durante o anúncio do Plano Agrícola e Pecuária para a safra 2012/13 e fazerem uma manifestação destacando a greve nos órgãos. Os servidores entraram no Palácio e somente quanto a presidente Dilma Rousseff discursava eles vestiram os coletes da greve e levantaram uma faixa com a frase: “MDA / Incra em Greve”. Um mapa da greve no Incra, com a adesão de 25 das suas 30 superintendências regionais, também foi exibido aos presentes.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

Anúncios

GREVE DO INCRA PODE TER ADESÃO DE TODAS AS SUPERINTENDÊNCIAS – AGÊNCIA BRASIL

28/06/2012

As superintendências regionais (SRs) do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, Alagoas, Roraima e Sergipe realizam assembleias para decidir se aderem à greve da autarquia. São as únicas superintendências regionais que ainda não aderiram à paralisação. A sede do Incra em Brasília e 25 das 30 superintendências regionais estão em greve. A expectativa, segundo o comando nacional da greve, é que todas as SRs participem do movimento, atingindo 85% do quadro dos servidores concursados.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

SERVIDORES DA SEDE E VINTE E CINCO SUPERINTENDÊNCIAS DO INCRA JÁ DECIDIRAM ADERIR À GREVE

28/06/2012

Apenas os servidores das superintendências regionais (SRs) do Incra no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Alagoas e Roraima ainda não aderiram ao movimento grevista no Incra. Assim, já são 25 superintendências regionais da autarquia que decidiram participar da greve, de um total de 30 SRs. A Sede, em Brasília, e vinte SRs estão oficialmente em greve, sendo que cinco (Amazonas, Acre, Pernambuco/Recife, Médio São Francisco/Petrolina e São Paulo) vão entrar nos próximos dias – após cumprirem o prazo determinado pela legislação.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

INCRA APRESENTA PROPOSTA DE CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO DE METAS INDIVIDUAIS PARA GDARA / GDAPA

28/06/2012

A direção da Cnasi recebeu da Diretoria de Gestão Administrativa (DA) do Incra uma proposta de critérios para elaboração de metas individuais que, segundo o documento, tem por objetivo subsidiará os dirigentes / avaliadores e servidores no processo de avaliação para a concessão da Gratificação de Desempenho de Atividade de Reforma Agrária (GDARA) e da Gratificação de Desempenho de Atividade de Perito Federal Agrário (GDAPA).

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

BLOG E FACEBOOK EXCLUSIVOS DA GREVE DO INCRA E MDA SÃO CRIADOS

28/06/2012

Os servidores do Incra e do MDA já contam com duas importantes ferramentas de comunicação para divulgarem informações, comentários, críticas, links, fotos, vídeos, etc, sobre o movimento grevista nas delegacias (MDA), superintendências e unidades avançadas (Incra) onde estão lotados.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

ATOS NACIONAIS SERÃO REALIZADOS PELOS SERVIDORES DO INCRA E MDA NOS DIAS 26 DE JUNHO E 4 DE JULHO DE 2012

21/06/2012

O Comando Nacional de Greve do Incra e MDA está convocando os servidores dos órgãos para participarem de dois atos nacionais, que serão realizados nos dias 26 de junho e 4 de julho de 2012, para pressionar o governo a atender as reivindicações das categorias. O ato do dia 26 vai marcar a entrada oficial em greve de pelo menos dez superintendências regionais do Incra. Nesta data, estão confirmadas a entrada em greve, por tempo indeterminado, as superintendências regionais do Incra em Rondônia, Tocantins, Goiás, Piauí, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Minas  Gerais, Espírito Santo e Bahia.

O ato do dia 4 de julho de 2012 vai ocorrer em Brasília, juntamente com as atividades do Acampamento da Condsef – que será realizado no período de 3 a 7. Quem não puder participar das atividades na capital federal, fará mobilização no estado onde está lotado.

As assincras e asseras devem programar para as duas datas atividades que tanto congreguem os servidores no movimento grevista, quanto chame a atenção da sociedade para a importância do Incra e MDA, bem como para os problemas pelos quais passam os órgãos. Nos atos é essencial a participação de integrantes de movimentos sociais que defendem a reforma agrária e agricultura familiar, a fim de que fique explicitado para a opinião pública que a luta dos servidores é também para atender melhor o público do Incra e MDA.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

ASSINAGRO APROVA ADESÃO À GREVE A PARTIR DO DIA 26 DE JUNHO DE 2012

21/06/2012

Os Peritos Federais Agrários do Incra aprovam a adesão à greve dos servidores da autarquia e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) a partir do dia 26 de junho de 2012, embora a contabilização das atas das representações dos estados ainda não tenha sido finalizada. O comunicado oficial de adesão da Assinagro vai ser repassado apenas na terça-feira (26/06), quando a contabilização das atas das superintendências regionais estiver sido concluída e os prazos estatutários cumpridos.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

ADESÃO À GREVE NO INCRA E MDA ALCANÇA DOIS TERÇOS DAS UNIDADES DOS ÓRGÃOS

19/06/2012

O movimento grevista dos servidores do Incra e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) neste ano de 2012 iniciou com forte adesão dos profissionais dos órgãos, alcançando pelo menos dois terços das superintendências regionais da autarquia e delegacias do ministério. Somente nesta segunda-feira (18/6) a Sede do Incra e nove superintendências regionais entraram em greve por tempo indeterminado. Na quinta-feira, dia 21 de junho, entra em greve a Superintendência Regional do Incra no Mato Grosso. Enquanto que na próxima terça-feira (26/06) outras nove superintendências regionais entrarão em greve por tempo indeterminado. O Incra tem 30 superintendências regionais, enquanto que o MDA tem 26 delegacias.

Portanto, na segunda-feira (18) entraram em greve a Sede do Incra, em Brasília, e as superintendências regionais da autarquia no Distrito Federal e Entorno (também em Brasília), no Paraná, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Pará (Belém), Sul do Pará (Marabá), Santarém (PA), Amapá. Também aderiu à greve, já neste dia 18, os servidores da Unidade Avançada do Incra em Imperatriz, no Maranhão.

Mato Grosso entra dia 21, enquanto que no dia 26 de junho de 2012 vão entrar em greve por tempo indeterminado as superintendências regionais do Incra em Rondônia, Tocantins, Goiás, Piauí, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Minas Gerais – segundo informações repassadas pelas associações de servidores nos respectivos estados.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/

REPORTAGEM SOBRE GREVE DOS SERVIDORES DO INCRA E MDA É ACESSADA POR MILHÕES DE BRASILEIROS EM TODO O PAÍS

19/06/2012

Uma reportagem da Agência Brasil sobre a greve dos servidores do Incra e MDA foi amplamente reproduzida por todo o País, alcançando milhões de brasileiros em todos os cantos da nação. Uma constatação do amplo interesse pelo assunto foi o resultado de uma simples pesquisa realizada no site de busca Google, que apresentou 4,2 mil reproduções da reportagem em outros meios de comunicação eletrônicos.

Por conta da reportagem, diversos outros meio de comunicação, entre os quais emissoras de televisão e rádio, mantiveram contato com a direção da Cnasi e associações de servidores em busca de mais informações e repercussão local do material.

Confira no link abaixo a íntegra da reportagem da Agência Brasil que gerou tanta repercussão:

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-19/greve-atinge-um-terco-das-superintendencias-do-incra-nos-estados-diz-confederacao

Fonte: Ascom Cnasi

PIBINHO FREIA REAJUSTE DE SERVIDORES PÚBLICOS – CORREIO BRAZILIENSE

19/06/2012

O baixo crescimento da economia em 2011 e neste ano e o agravamento da crise internacional, que compromete o desempenho de 2013, derrubaram as previsões do governo petista e colocaram a presidente Dilma Rousseff numa sinuca de bico para enfrentar as pressões dos servidores públicos federais, que reclamam da falta de reajuste há dois anos. Eles prometem greve geral a partir da segunda-feira (18/06).

Depois de conceder aumentos salariais altos em curto período de tempo, que chegaram a mais de 100% para algumas carreiras, entre 2008 e 2010, fiando-se nos bons resultados do Produto Interno Bruto (PIB) – e na sua continuidade –, o governo já concluiu que não haverá recursos no Orçamento de 2013 para bancar aumentos generalizados, como o esperado. Por isso, pretende empurrar as demandas para 2014. Uma das prioridades da proposta orçamentária em elaboração é aumentar os investimentos públicos para fazer rodar a economia mais rapidamente, até para dar musculatura para Dilma se reeleger em 2014.

Saiba mais no http://www.cnasi.org.br/